Bem Vindo

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

86 câmeras de segurança devem reforçar segurança em Fortaleza.

Para que não sofram danos, os equipamentos são resistentes a armas, a vandalismo e também a ações do sol ou da chuva Além das 86 câmeras de segurança instaladas pelo Governo do Estado, Fortaleza vai poder contar com a implantação, por parte da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), de 24 aparelhos que irão monitorar todas as praças do Centro. Segundo o presidente do Sindicato das Empresas de Informática, Telecomunicações e Automação do Ceará (Seitac), Ozair Gomes, a expectativa é de que a instalação aconteça ainda neste mês.
O objetivo do equipamento é ajudar na abordagem de suspeitos, identificação de veículos e elucidação de crimes de acidentes de trânsito. As praças que vão receber as câmeras são: Praça da Estação, Passeio Público, Praça dos Leões, Praça da Sé, Praça do Ferreira, Praça José de Alencar, Praça da Lagoinha, Parque das Crianças, Praça Coração de Jesus, Praça do BNB, Praça do Carmo, Praça da Bandeira e ruas como a Guilherme Rocha e Liberato Barroso. Gomes acrescentou que as câmeras têm capacidade de realizar movimento horizontal de 360° e vertical de 220º.
O alcance das lentes realiza zoom de até 35 vezes, necessário para identificar com precisão a placa de um carro a cerca de 300 metros de distância do equipamento de vídeo. As câmeras são resistentes a armas, a vandalismo e também a ações do sol ou da chuva, além de transferir, através de um sistema de dados sem fio, as imagens para a central de monitoramento da GMF. O presidente da Seitac comentou que, além de ajudar na preservação do patrimônio público do Centro da cidade, os equipamentos poderão educar a população. "As pessoas ficam inibidas de fazer algo errado porque sabem que existe uma câmera fazendo o monitorando", afirmou Gomes.
Ele destacou que em Teresina, no Piauí, onde aparelhos do mesmo tipo já foram instalados pelo sindicato, foi constatado, por meio das imagens das câmeras, que alunos de uma escola não utilizam a passarela próxima do local e, por isso, aconteciam muitos acidentes. "Hoje, neste colégio, acontecem aulas de conscientização sobre o uso da passarela para os estudantes. As câmeras ajudaram em um trabalho social de educação", conta Gomes. De acordo com ele, as câmeras poderão trabalhar por dez policiais devido ao seu alcance. "A área que o equipamento cobre é muito grande", garante.
As imagens ficarão armazenadas por 30 dias e estarão à disposição da Justiça para serem utilizadas como prova em processos criminais, caso assim seja necessário. Recentemente, o serviço foi implantado em Teresina. Outras regiões que possuem o sistema são Natal, Maracanaú, São Paulo, Salvador e Recife. Fonte Pesquisa:http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1080158 Site do Video:http://g1.globo.com/videos/ceara/t/todos-os-videos/v/86-cameras-de-seguranca-devem-reforcar-seguranca-em-fortaleza/1722997/

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.