Bem Vindo

terça-feira, 31 de julho de 2012

Telefone Popular - ANATEL - Baixa Renda

 
 
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fixou os valores tarifários máximos do minuto por ligação do telefone popular, disponível para famílias com renda total de até um salário mínimo (R$ 622), em R$ 0,72, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira. Além disso, a agência também fixou os valores para assinaturas, habilitação e mudança de endereços. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira.As famílias autorizadas a possuírem o telefone popular podem solicitar a instalação de telefone fixo com assinatura mensal inferior ao da assinatura básica residencial convencional. Os valores variam conforme as alíquotas de tributos de cada Estado do País. 
Preços
- Assinatura: entre R$ 9,72 e máximo de R$ 9,76
- Habilitação: entre R$ 39,16 e R$ 39,99
- Mudança de endereço: entre R$ 39,16 e R$ 39,99
- Franquia mensal de 90 minutos: entre R$ 12,62 e R$ 14,80 (com impostos)
- Preço máximo por minuto: R$ 0,72 
Quem pode ter
O telefone popular está disponível para famílias com renda total de até um salário mínimo. Para assinar o benefício, com franquia mensal de 90 minutos para chamadas locais entre telefones fixos, a pessoa deve estar inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal. A Anatel afirma que para solicitar o telefone popular as informações no Cadastro Único devem estar atualizadas há pelo menos dois anos, especialmente renda e endereço familiar. Tendo esta condição obedecida, o responsável pela família deve entrar em contato com a concessionária de sua região tendo em mãos o CPF e o Número de Identidade Social (NIS).
Como funciona
O telefone tem as mesmas características do telefone fixo convencional, porém com assinatura reduzida e facilidades de pagamento. Para realizar ligações locais acima da franquia, chamadas para telefones celulares, chamadas de longa distância nacional e internacional é necessário inserir créditos. 
 Quando
A implantação dos telefones populares se dará por três etapas: entre junho de 2012 e junho de 2013, o programa será oferecido para famílias com renda total de até um salário mínimo (R$ 622). A partir de junho de 2013 serão atendidas famílias com renda de até dois salários mínimos e, por fim, a partir de junho de 2014 as demais famílias incluídas no Cadastro Único para Programas Sociais.
video
 Video: Bom Dia Ceará - Tv Verdes Mares - Sempre Informando a Comunidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.