Bem Vindo

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Assédio Politico: o emprego ou o voto.



A forma mais comum do assédio se dá através das terceirizações de mão de obra, devido à fragilidade na relação de trabalho e ao favor a quem fez a “indicação” para a contratação.

Para mudarmos de verdade o Brasil precisamos combater os vários pactos de mediocridade que existem em quase todas as áreas da sociedade.

O que identificamos e denunciamos hoje como assédio político nada mais é do que uma antiquíssima prática sob uma nova perspectiva de análise. Da mesma forma como os coronéis garantiam seus “currais eleitorais” com o voto de cabresto, atualmente temos a troca do emprego pelo apoio político ao candidato indicado pelo gestor público. Esse tipo de coação mostra a falta de amor à Pátria, o desinteresse público, a desonestidade e a ilegitimidade dos gestores que a cometem, deixando inequívoca a disputa do poder pelo poder.

A forma mais comum do assédio se dá através das terceirizações de mão de obra, devido à fragilidade na relação de trabalho e ao favor a quem fez a “indicação” para a contratação.

Vamos imaginar que dentro desse critério se possa contratar 30 mil pessoas em uma grande cidade, trabalhadores que têm sua liberdade política e ideologia chantageadas pela oportunidade do emprego fácil, bastando pedir voto e “trabalhar” na campanha dos indicados pelo gestor público.

Não é admissível que, em pleno século XXI, ainda tenhamos de receber denúncias de registro de frequência do serviço sendo dada em palestra de candidato ou nas atividades de rua das campanhas, atitudes que dão à prática do assédio político um requinte de maldade.

O gestor que se vale dessa conduta ilícita afeta os Direitos do Trabalho, Administrativo e Eleitoral e atenta contra os princípios da impessoalidade e da moralidade, praticando ato de improbidade administrativa!

Hoje(17.08.) a Superintendência do Trabalho no Ceará realizará a palestra “Assédio político: o emprego ou o voto?” com o procurador do Trabalho, Gerson Marques, que será realizada a partir das 14h30min e aberta ao público (rua 24 de Maio, 178, 1º andar, Centro).


Julio Brizzi
julio.brizzi@mte.gov.br
Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Ceará
Fonte: http://www.interjornal.com.br/noticia.kmf?cod=18743898





video
Video: Bom Dia Ceará - TV Verdes Mares - Sempre Informando a Comunidade.
17/08/2012.Entrevista  Júlio Brizzi
Site Foto(Charge):http://dialogospoliticos.wordpress.com/2010/07/15/assedio-moral-coletivo-um-mal-que-preocupa-as-empresas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.