Bem Vindo

sábado, 11 de agosto de 2012

Casa do Rio Vermelho - Casa de Jorge Amado - Alagoinhas,33 - Salvador



 Comunista militante, Jorge Amado (1912-2001), que completaria cem anos nesta sexta (10), ria ao dizer que compraria a casa em Salvador com o "dinheiro do imperialismo americano", fruto da venda dos direitos de seu romance "Gabriela, Cravo e Canela" ao estúdio hollywoodiano MGM.

Orçado em R$ 2,1 milhões, o projeto de memorial feito por um arquiteto português, ao qual a Folha teve acesso, será apresentado hoje por familiares de Amado em um evento na casa número 33 da rua Alagoinhas, no bairro Rio Vermelho, em Salvador.
"A primeira função da casa é dar às pessoas que estimam Jorge Amado uma visão diferente da que têm apenas pela leitura de seus livros. O memorial permite ter uma ideia da dimensão do homem além do escritor", diz João Jorge Amado, 65, filho de Jorge e Zélia Gattai (1916-2008).
Em busca dos recursos necessários para o projeto, a família procura investidores interessados numa PPP (Parceria Público-Privada) e espera apoio do poder público.
Em seguida, o objetivo é que o memorial se torne sustentável com a instalação de uma loja com produtos relacionados ao escritor.
O projeto segue o modelo adotado em outras partes do mundo, como no Chile, onde existem três de casas do poeta Pablo Neruda (1904-73), ou no México, que abriga quatro memoriais dedicados ao pintor Diego Rivera (1886-1957).
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1134658-projeto-preve-memorial-na-casa-de-jorge-amado.shtml
video
Video: Ação e Cidadania - TV GLOBO - Sempre Informando a Comunidade.
11.08.2012.
Casa de Jorge Amado - Alagoinhas, 33 Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.